À você que nunca vai ler.

Eu nunca escrevi pra você depois de tudo. Eu nunca tive a oportunidade de dizer como eu me sentia. E nem de ouvir como você se sentia. Nossa amizade acabou assim, da tarde pra noite. Eu nem tive tempo de te ver pela última vez como alguém a quem eu amava e conhecia há tantos anos. Eu nem tive tempo de entender. Você era importante pra mim, mesmo que eu tenha esquecido disso tantas vezes, mas você era importante pra mim. Hoje olho pra você, e apesar de sentir medo, eu sinto carinho. Eu sinto sua falta. Já dividimos nossas sombras, o suor de nossas testas, confissões e aprendizados, temos boas e ruins lembranças (algumas bem ruins). Hoje somos apenas, nada. Nossos passos sempre seguiram rumos diferentes, até que um dia eles se cruzaram na mesma esquina, e essa foi nossa ruína. Nossos olhares vislumbravam o mesmo horizonte, e isso, ao invés de nos aproximar, nos afastou. Antes de tudo nossos dias sem festa davam a impressão de que o mundo ficou sério, mas nós festejávamos nosso tédio de maneira tão singular que até mesmo a maior de todos os carnavais tornava-se insignificante diante de nossas cores. Sinto sua falta. De conversar. De quando você me ouvia, só pra ouvir, sem dar conselho e nem nada, e de te ouvir também. De quando você sentava do meu lado e dizia “Que foi, boy?”, e ficava lá só pra ficar perto. Você sempre escutava minhas piadas sem graça ou as minhas lamentações. Era bom quando a gente ria até doer a barriga. Muito tempo já se foi, e pouco tempo se parece e tudo passa num piscar de olhos em minha mente. Agora aqui estou só com as lembranças de tudo de bom que já vivemos. Eu nunca tive oportunidade de me desculpar. E esse pedido está aqui, guardado, pro caso de um dia eu poder dizê-lo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s