VENDAval de confiança.

Feche um pouco os seus olhos. Imagine-se vendado, com alguma rala ideia do terreno no qual você está pisando. Ficar parado até ter a certeza de que não dará um passo em falso é sua primeira reação, creio eu. Então alguém que você ama põe a mão no seu ombro e diz “Vamos, no caminho eu te explico.” E aí você vai. Vai porque você ama, vai porque você confia. Eu estou me sentindo assim. Não raras são as situações em que preciso confiar nas pessoas, apenas. Sem maiores perguntas, sem pulgas atrás da orelha ou qualquer sombra de dúvida. E confiar envolve tanta coisa. É uma via de mão dupla, onde quanto mais se dá mais se tem. Confiar envolve ir sem medo de tropeçar. Envolve não temer o que está por vir. Envolve fechar os olhos e acreditar apenas na segurança das palavras ditas por quem está a te guiar. Eu confio em você. Eu confio nos seus sentimentos. Eu queria poder fazer mais. Queria poder resolver (eu sempre quero resolver). O amor não deveria ser complicado… Meus textos dizem isso o tempo todo. Eu digo isso o tempo todo. Muito embora eu esteja no escuro, vendada, e sem saber qual é o destino, eu estendo a minha mão para que você me guie por este caminho. Eu caminho ao seu lado sem saber pra onde e nem como e se realmente chegaremos a algum lugar. Prometo não fazer perguntas, prometo não buscar explicações. Eu apenas confio em você. E eu confio no que eu sinto quando confio em você. E eu acredito que, acima de tudo, tudo isso aí dentro, pequena, é sincero!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s