.

Pela janela consigo ver um sol robusto em um céu limpo. O dia está radiante e o interior desse quarto num frio cavernoso de dar medo. Meu coração costumava-se acalmar em dias assim. Mas meus olhos parecem não conseguir mais transmitir beleza alguma para dentro de mim. E de repente, sem aviso prévio, as lágrimas começam a escorrer.

Existem mágoas difíceis de serem administradas que inundam nosso corpo de amargura, nos fazendo agonizar, ansiando pelo fim. Não há controle e nem alivio, apenas dor, como um câncer em metástase iminente. Estas dores se tornam mais presentes a cada dia de forma mais vigorosa, mostrando de maneira clara que o passado nada mais é que o pedaço vivo do presente. Olho ao redor e vejo pessoas necessitando de ajuda e vou ao encontro delas, mas sem compreender direito quem será ajudado na história.

Então, quando dou por mim, eu já estou discorrendo um texto e deixando ali um guia teórico para quem quiser pegar. Enquanto isso minha alma perturbada, começa a urrar, pedindo socorro. E quando sorriem, já um pouco tranquilizados, eu respondo com um doce sorriso de quem vive plenamente. E assim se passaram dias e nada mudou. Então saio e olho para o céu, tentando buscar uma resposta, uma esperança.

Deixo o sol me aquecer e permaneço ali por horas entre devaneios e espasmos de “porquês”. Procuro aceitar algumas brutalidades como um mero aprendizado. Porém como um ciclo ele vem se repetindo. E eu querendo cada vez mais entrar em um processo de isolamento. Desaprendi a estar no meio social. Não há resguarda ou amparo, sou eu e apenas eu.

Preciso agora de apenas um alívio, uma folga de tudo isso. Tem sido um consumismo sufocante. O silêncio dita minhas noites no clamor do meu desespero. Eu só gostaria de pelo menos por uma noite, poder fechar os olhos e não sentir o mundo em minhas costas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s